SHOPPING CART

Acabou a brincadeira! O negócio agora sério!

Desde que me entendo por gente ouvia que o Brasil era o país do futuro. De igual forma, mas há bem menos tempo, algo como nos últimos 10 anos, leio, ouço e também digo que o mercado digital será a nova revolução da indústria fonográfica e da própria música e sua relação com o consumidor.

Pois bem, o Brasil hoje tem uma economia sólida, destaca-se entre os países no mundo todo não só pelo futebol, samba, seu povo alegre e pelas belezas naturais, mas também por sua estabilidade monetária. E nesta semana, com a chegada oficial do iTunes no Brasil, oficialmente entramos no novo momento da música e do universo digital.

Sim! Estamos vivendo a partir de agora um novo momento na indústria fonográfica! Para ilustrar a importância da chegada do iTunes uma das imagens que me vem à mente de imediato é a da queda do Muro de Berlim. Com a derrubada daquele símbolo dividindo a Alemanha Oriental e Ocidental, caíram não apenas blocos de tijolo, mas todo o conceito de Guerra Fria. A Europa mudou completamente a partir da queda do muro. Na verdade, não só a Europa, mas todo o planeta!

Com o lançamento do iTunes no Brasil passamos a integrar um grupo seleto de países com acesso a uma biblioteca de mais de 20 milhões de músicas, conteúdos, vídeos, álbuns. A forma de lidar com a música será completamente outra a partir de agora. Em outros países em que o iTunes já tem um passado, a mudança da forma de consumir e relacionar-se com a música digital mudou radicalmente! O aumento de receita das gravadoras a partir da entrada do iTunes e das diferentes plataformas digitais foi algo impressionante e derrubou todos os prognósticos negativos e apocalípticos de que o mercado fonográfico estaria moribundo.

Além do iTunes, o Brasil conta com outras plataformas como Sonora, Rdio, PowerMusicClub, para citar alguns. Ou seja, não há mais desculpas para se baixar músicas em sites piratas de downloads gratuitos. Tempos atrás ouvia alguns argumentos de que não se encontrava sites oficiais para fazer o download de música evangélicas no Brasil. No entanto, esse argumento completamente vazio se antes mesmo não tinha sustentação, agora mesmo é que não tem lógica alguma!

Fico muito orgulhoso de já conferir os álbuns de Cassiane, Damares, Renascer Praise, Leonardo Gonçalves disponíveis no iTunes do Brasil. Este foi um trabalho meticuloso de quase um ano e hoje colhemos os resultados de todo o esforço da equipe. Mas pesquisando no site, não encontrei vários e vários trabalhos de artistas cristãos consagrados. A leitura que eu faço desta questão é que ainda há muita gente no mercado gospel brazuca focando única e somente no CD físico, imaginando que a chegada do mercado digital se daria apenas no próximo século!

Pois bem, o mercado digital já chegou! E agora as gravadoras e artistas independentes deverão, literalmente, correr atrás para garantir seus lugares neste ‘trem’. Vale ainda ressaltar que a chegada do mercado digital não significa o fim do mercado físico, muito pelo contrário, o que se percebe em muitos países é um crescimento na venda de CDs físicos. Mesmo no Brasil, açoitado pela pirataria física e digital, chegaremos ao fim de 2011 registrando mais um ano consecutivo de crescimento na venda de CDs físicos.

Portanto, sugiro que você tire um tempinho de agora em diante para navegar no iTunes e nas outras plataformas para ter acesso aos produtos, lançamentos, raridades e muito mais! É um tipo de passeio maravilhoso e do qual tive o prazer de ‘viajar’ nestes dias.

Boa viagem!

Mauricio Soares, publicitário, jornalista, consultor e alguém que a partir de agora precisa ter enorme auto-controle para não exagerar nas compras on line.

Mauricio Soares, publicitário, jornalista, observador, caixeiro-viajante que morre de saudades de casa, atuando no mercado gospel há alguns anos e confiante de que em algum dia as coisas ficarão mais fáceis para todos nós que militam nestesegmento.

Deixe uma resposta