As 5 Alianças para a Longevidade na Carreira

A noite de 29 de novembro foi muito especial. Naquele dia aconteceu a primeira edição do Troféu Promessas premiando alguns dos maiores destaques da música gospel em 2011. O evento reuniu boa parte da imprensa gospel, algumas mídias seculares, artistas, profissionais, lideranças, pastores e convidados.

O evento em si, seguiu o padrão do roteiro de premiações com um âncora tentando animar a plateia, artistas revezando-se no palco apresentando os indicados nas diversas categorias, os concorrentes da categoria de Melhor Música defendendo suas músicas, auditório animado, ou seja, tudo normal. Ao fim de todos os envelopes abertos, o resultado das premiações foi razoavelmente justo em se tratando de uma eleição onde o público decide os vencedores, o que nem sempre se mostra realmente justo em termos de qualidade e critérios técnicos. Mas o Troféu Promessas foi uma excelente iniciativa e tudo indica que em 2012, muitas novidades virão pelo frente.

Mas, longe de querer comentar sobre o evento, os artistas ou mesmo as premiações, o que me motiva escrever este texto aconteceu justamente na parte final do evento. Num determinado momento, após todos os vencedores terem sido devidamente divulgados, o ator global e mestre de cerimônias chama ao palco o ministro de louvor Asaph Borba completando 35 anos de ministério e influenciando gerações no Brasil e no mundo com suas canções e principalmente, exemplos de vida.

Depois de assistirmos a depoimentos de amigos, pastores, artistas e parentes, Asaph Borba recebeu das mãos do Pastor Silas Malafaia e Marco Antônio Peixoto, o troféu em homenagem por tudo que ele fez ao longo destes anos. Ao lado de sua esposa, Rosana, Asaph visivelmente emocionado dirigiu-se aos artistas presentes e fez questão de falar sobre a longevidade de sua carreira. Para Asaph, grande parte do seu sucesso ministerial estava baseado no conceito de “Alianças” e ele seguiu elencando as 5 alianças necessárias para uma carreira na fé com longevidade. Em nenhum momento, Asaph falou de carreira artística, mas somente na relação homem e Deus.

A primeira aliança que Asaph destacou é a que devemos ter com Deus. É com Ele, por Ele, para Ele que devemos sempre nos guiar, pautar, respirar e principalmente focar nossos objetivos. Nossa relação íntima com Deus, a verdadeira aliança deve ser mantida e cultivada acima de qualquer outra coisa. Nada deve substituir a sua relação de aliança com o Pai, com onosso Deus.

A segunda aliança deve ser com a Igreja. Não há melhor lugar para estarmos do que no meio do povo de Deus! Não há nada que substitua o papel da igreja como local de crescimento na Palavra e na vivência das coisas de Deus. Não há a menor chance de termos intimidade com Deus se não tivermos intimidade com o próximo, com a sua igreja! Neste momento, automaticamente me vem à mente de como existem artistas que sequer têm uma igreja local. Simplesmente apresentam-se em igrejas, mas não pertencem a uma igreja. Isso faz toda a diferença!

A terceira aliança é aquela firmada com seus pastores e líderes. Asaph fez questão de relembrar a figura do seu pastor, alguém que o conhece há 36 anos, com quem tem íntima relação, mas principalmente respeito e humildade de seguir seus conselhos e orientações. Como vemos em nosso meio,artistas que se amotinam de suas lideranças. Artistas sem pastores para orientá-los ou cobri-los em oração. Asaph, que na verdade, diferentemente do que muitos imaginam, não é pastor ordenado, mesmo praticamente exercendo o ministério pastoral, jamais deixou de se subordinar à sua liderança local por entender a importância de manter suas alianças.

A quarta aliança é firmada com a família. Asaph, mesmo viajando grande parte do ano, é alguém dedicado à sua família. Sua esposa Rosana, constantemente é presença nas viagens e compromissos de Asaph pelo país e pelo mundo. É impossível não associar a imagem de Asaph sem que esteja acompanhada a figura de sua esposa e filhos. Família. Aliança indivisível! Infelizmente temos nos deparado com cantores com casamentos fracassados, alguns até com mais de uma experiência de separação.

A quinta e última aliança, aquela firmada com o seu chamado! Como é importante não abandonar o chamado onde tudo se inicia! Como percebemos pessoas bem intencionadas deturpando seus objetivos, seu chamado, sendo tragadas pelo pecado! Como profissional da área artística, infelizmente, vejo todos os dias pessoas distantes do chamado. Vejo claramente pessoas preocupadas na auto-imagem, no dinheiro, no conforto, no benefício próprio em detrimento do próximo … todas estas pessoas começaram com boas intenções, mas afastaram-se do chamado puro e genuíno.

Ao ouvir esse breve discurso de alguém que conheço há mais de 20 anos, imediatamente me veio a vontade de escrever esse post. Nãoconsigo, reconheço, nestas linhas reproduzir todo o sentimento e impacto das palavras proferidas por Asaph Borba naquela noite de festa, mas de alguma forma gostaria de fazê-lo refletir, não sobre sua carreira artística, mas principalmente por sua carreira na fé! Jamais deixe de cuidar das 5 alianças fundamentais para uma vida saudável ao lado de Cristo, a saber: a aliança com Deus, com a Igreja, com os Pastores e Líderes, com a Família e por fim, com o seu Chamado.

Pra bom entendedor, até mesmo um texto simples como este já é um bom aviso! Portanto, reafirme suas alianças!

Mauricio Soares, publicitário, jornalista, alguém em processo de crescimento e melhoria a cada dia, buscando reforçar dia a dia as alianças e que ficou extremamente feliz com o prêmio de Melhor CD conferido à Damares no Troféu Promessas. Parabéns também aos amigos André Valadão e Thalles, pelos respectivos prêmios.

Mauricio Soares, publicitário, jornalista, observador, caixeiro-viajante que morre de saudades de casa, atuando no mercado gospel há alguns anos e confiante de que em algum dia as coisas ficarão mais fáceis para todos nós que militam nestesegmento.

One Comment

  • JESSICA RODRIGUES

    05/12/2011 at 08:51

    Que maravilha de Deus… Estou profundamente tocada com estas palavras que contribuem para o meu cresçimento Espiritual, não estava lá pra ouvir ele falar estas palavras, mas tudo se passou como um filme na minha mente e o meu coração se encheu de alegria.
    Forte abraço!

    Responder

Deixe uma resposta