Home Eventos

Voltando de mais uma feira e depois de 4 dias intensos atendendo gente de todos os cantos do país e até mesmo do exterior, fica ainda mais claro para esse humilde profissional do mercado fonográfico a seguinte impressão: sobra gente de qualidade no meio gospel e em maior proporção ainda, transborda de pessoas que jamais terão condições de caminhar numa rota profissional em se tratando de música!

É impressionante como tem gente que acaba se iludindo com o sonho de um dia se tornar um grande pop star no meio da gospel music tupiniquim! Nestes 4 dias de feira, recebi inúmeros postulantes a artista e seus respectivos trabalhos. Acho que no fim, acabei recebendo uns 100 CDs (infelizmente, bem menos do que em outras edições) e boa parte destes materiais, pude detectar em menos de 2 segundos de contato que nem mesmo “com muito carinho” vou encontrar algo que me surpreenda positivamente.

Recebi material de todos os tipos. Teve aquele ministério de louvor numa ‘pegada mais Hillsong, saca?’ (como se isso fosse algo realmente inovador!!!), teve dupla sertaneja com aqueles topetinhos cheios de gel e plágios rasgados de Gustavo Lima, Fernando e Sorocaba, entre outros. Também teve cantor estilo meio ‘Fernandinho’ meio ‘Thalles’ … Ou cantoras meio ‘Aline’ com uma pitadinha de ‘Cassiane’ … Teve quarteto tradicional, teve coral de black spiritual … reteté do Jeová, power hard rock, coco de embolada, forró pé de serra, folk, rap, hip hop, música eletrônica … ou seja, teve de tudo um pouco e muito de coisas realmente lamentáveis!

Vale ressaltar que esta é a visão de um profissional do mercado. Minha atribuição é de analisar friamente as possibilidades dos projetos. Não cabe a mim julgar se o referido artista teve uma promessa desde o ventre da mãe. Ou se o projeto é filantrópico, se sua renda será direcionada para as crianças desassistidas do Nepal ou algo do tipo. Minha visão quando analiso um projeto artístico é tão somente se ele tem capacidade de se tornar algo de interesse do grande público. Nada diferente disso!

E neste trabalho árduo de análise, posso garantir que tem muita gente se iludindo por aí. Pior ainda, tem muita gente iludindo essa turma que ama ser iludido. Ou seja, junta a fome com a vontade de comer, que em outras palavras, apenas serve para gerar uma geração de pessoas frustradas e muitas das vezes, que simplesmente perdem tempo e dinheiro, dois itens extremamente importantes hoje em dia.

Mas entre tantas coisas estranhas, também recebi alguns projetos que realmente me chamaram a atenção. Meu vizinho de stand, Eli Soares, jovem mineiro e muito talentoso, chamou-me a atenção já faz um tempo. E nesta feira pude conferir o amadurecimento desse artista. É alguém que merece atenção. Outra pérola que amei conhecer foi a jovem Roberta Spitaletti, apresentada pelo produtor e amigo Leandro Aguiari. Ouvi algumas canções dela e pude conversar durante alguns minutos com a menina … gostei muito do que ouvi e vi. Também assisti a um clipe do Léo Brandão, apresentado pelas amigas da Acesso Gospel de Goiânia. Gostei da proposta de música e principalmente do visual do rapagão. É outro que vale a pena acompanhar de perto.

Ainda tenho alguns projetos que estou curioso para conferir. Tem uma banda que muita gente vem ultimamente me falando, a DK6. O primeiro a comentar sobre esse grupo para mim foi o pastor Rinaldi Digilio da Igreja Quadrangular. Recebi este CD e espero poder conferir esse material em breve. Outra boa notícia foi a contratação do Bruno Branco pela Som Livre. Esse rapaz foi ‘lançado’ aqui no Observatório Cristão há um tempo atrás. A proposta musical dele é bem diferente e espero que seu trabalho seja ampliado agora com o apoio de uma grande gravadora. Ainda durante a FIC, conheci o projeto do site Garagem Gospel (www.garagemgospel.com.br) e gostei do que vi. Tanto que a turma de lá me convidou para ceder algumas matérias e atuar como colunista e acabei topando.

Um projeto que foi lançado, eu creio, durante a feira foi o DVD Livres do Juliano Son. Simplesmente fantástico! Se você ainda não viu ou ouviu, fica a sugestão. Legislando em causa própria, também destaco a contratação do grupo AO CUBO pela Sony Music. O DVD dessa turma de Sampa, é sem dúvida alguma, uma das maiores produções de nosso segmento nos últimos anos. Deve chegar às lojas em setembro. Destaque também para o DVD Aos VIVOS da Banda Resgate reunindo seus grandes sucessos de 24 anos de estrada. Registro histórico!

Acho muito interessante como a escrita acaba nos levando de um pólo a outro. Comecei falando dos postulantes ao palco e acabei finalizando sobre as novidades do mercado. Estou escrevendo este texto em meio a muitas outras atribuições, ligações, emails e tudo mais. Não sei se me faltou concentração ou se um assunto puxou o outro … prefiro a segunda opção. Mas ainda complementando o tema inicial, sempre que eu recebo ou converso com alguns destes jovens cantores acabo indicando a leitura deste blog. Fico feliz porque muitos já conhecem o Observatório Cristão. Realmente esta tem sido uma ferramenta muito boa para quem procura entender as nuances do mercado artístico.

Mesmo depois de mais de duas décadas atendendo e conhecendo jovens artistas, ainda fico na dúvida sobre qual orientação dar a quem realmente eu creio que não tem a mínima condição de alcançar o estrelato. É certo que muitos postulantes jamais alcançarão destaque ou o topo das paradas de sucesso. Mas isso também não significa que essa pessoa irá passar fome! Não mesmo! Conheço inúmeros cantores que seguem trabalhando pelo Brasil sem que nunca seus nomes fossem sinônimo de sucesso. Vivem confortavelmente, com suas finanças bem resolvidas. Então, a palavra que cabe neste momento é apenas de não querer algo além de suas capacidades. Acho que é honesto que todo artista busque o reconhecimento de seu trabalho, isso é inerente ao ambiente artístico. Só não concordo que o artista precisa fazer sucesso galático! Isso é para bem poucos. Então, o detalhe neste caso é simplesmente saber até onde está o seu limite. Não queira para si algo além de suas capacidades e pior, jamais cobre-se (e frustre-se ao não alcançá-lo) por algo inatingível. Estabeleça suas metas com racionalidade e corra para alcançá-las.

Vamos em frente!

P.S. – Quero agradecer ao carinho de todas as pessoas que me abraçaram, tiraram fotos ou simplesmente acenaram à distância. Em eventos como da semana passada vejo o quanto tem sido importante meu trabalho ao longo destes anos e quero deixar bem claro que minha intenção é sempre manter-me disponível para atender às pessoas. Não posso e não quero me esconder atrás de ‘muros’.

Mauricio Soares, jornalista, publicitário e pai/esposo em tempo integral.

Se você é de Campinas ou região, uma excelente oportunidade para conhecer de perto o trabalho de Daniela Araújo em uma nova faceta. A pequena notável vem dedicando muitas horas para projetos além de sua carreira artística. Atualmente, a cantora vem produzindo alguns trabalhos de jovens cantoras e também dedicando-se a workshops pelo Brasil. Esse evento tem o apoio incondicional do Observatório Cristão.

0 1648

No painel sobre música gospel promovido durante a Festa Nacional da Música realizado recentemente em Canela/RS, tive oportunidade de falar sobre diferentes assuntos relacionados ao tema proposto juntamente com os cantores Asaph Borba e PG, o gerente comercial da MK Music, Carlos Knust e, ainda, o jornalista e promotor de eventos, Oziel Alves.

Particularmente acho muito louvável esse tipo de evento. Sinceramente acho que em nosso meio são raríssimas as oportunidades para se discutir sobre questões importantes do mercado fonográfico, tendências, novas tecnologias e mesmo uma análise mais aprofundada de nossa história como movimento artístico nacional. Então, quando sou convidado a participar de qualquer iniciativa deste tipo, sempre procuro ajustar meus compromissos para marcar presença.

E neste painel, um dos assuntos mais abordados pelos participantes foi justamente a definição do que é música gospel. Todos foram unânimes em afirmar que o termo “música gospel” mais confunde do que esclarece, criando uma imagem distorcida para o mercado como se este movimento fosse algo único, coeso, definido.

Quando falamos de música gospel, muito mais do que um estilo musical, na verdade, definimos uma linguagem peculiar. O que une os mais diferentes estilos musicais sob a bandeira do gospel não é sua sonoridade ou linha melódica como a bossa nova, o pop, a música clássica, para citar apenas alguns, mas justamente a mensagem que este tipo de manifestação artística costuma seguir.

Na miscelânea de estilos que tornou-se a ”música gospel” temos o pop rock, reggae, rock progressivo, MPB, balada, hip hop e mais uma infinidade de sons variados debaixo de um mesmo guarda-chuva cultural. O único estilo realmente genuíno entre todos os sub estilos da música gospel nacional é justamente o que chamamos de “música pentecostal”. Este estilo é algo próprio da cultura evangélica brasileira e não há qualquer similaridade em qualquer outro país.

Tendo contato permanente com vários profissionais leigos em termos de mercado religioso no meu dia a dia, definir o que seria “música pentecostal” torna-se um exercício permanente de criatividade. Para estes costumo explicar que essa música é uma espécie de simbiose entre a música sertaneja de raiz com influências da cultura musical nordestina com elementos como o baião, o forró e até mesmo o xote. Mas ouvindo alguns trabalhos mais recentes de artistas do segmento, fica ainda mais evidente que hoje podemos ampliar este espectro para a música pop sertaneja, o arrocha e o brega, ou seja, a música pentecostal também começa a passar por mudanças onde o que irá determinar o seu estilo não mais será a sua sonoridade, mas sim, sua mensagem, recheada de passagens bíblicas e metáforas do cotidiano do crente.

Analisando o universo artístico gospel neste momento, fica nítido que alguns estilos e fórmulas estão desgastados, necessitando buscar novas influências e caminhos. Há alguns anos atrás, a cantora Cassiane introduziu um novo estilo à música pentecostal que passou a ser seguido por 10 entre 10 artistas do segmento. Tempos depois, o ministério Diante do Trono trouxe uma inovação ao louvor congregacional que transformou e catapultou a música gospel no país. Tivemos o louvor extravagante, o louvor G12, o ‘adorador sem face’, o mantra gospel … depois vieram artistas como Fernandinho que mesclou o pop rock com o louvor e André Valadão, representante-mor do pop adoração balada. Mais recentemente incluímos em nosso seleto rol de estilos e tendências, a black groove pop adoração do performático e carismático Thalles.

Em paralelo a todas estas novidades e modismos, hoje temos também o movimento que tive a liberdade de denominar como Nova Música Cristã Brasileira que é um som mais influenciado pelo folk sulista norteamericano mesclado com a sonoridade tipicamente presente na MPB. Tudo muito leve, muito cru, sem tantos elementos, bastante despojado e onde a interpretação do artista e principalmente a criatividade e poesia das letras assumem destaque no conjunto da obra. Talvez, penso eu, estes sejam hoje os artistas com maior possibilidade do tão sonhado movimento de crossover ampliando a atuação da música gospel para além-fronteiras do próprio segmento.

E entre tantos novos artistas deste novo estilo que tem tudo para crescer nos próximos anos, destaco em especial, dois jovens artistas, que passaram recentemente a fazer parte do cast da gravadora onde trabalho, estou falando dos gaúchos da Tanlan e da brasiliense-adotada, Marcela Taís. Dificilmente uso esse espaço do blog para falar de artistas com quem mantenho relação profissional estreita, mas neste caso, abrirei esta exceção porque realmente acho que o projeto destes artistas merece uma análise um pouco mais profunda.

Comecemos por Marcela Taís, uma jovem cantora nascida no Mato Grosso do Sul, pertíssimo do pantanal e hoje radicada na frenética e intensa capital federal. Conheci o som desta menina por indicação de algum amigo pelo twitter. Cliquei no link e me deparei com o clipe da canção “Cabelo Solto”, uma música leve, agradável, boa mesmo de se ouvir … ela falava de coisas de Deus sem precisar falar de doutrina ou coisas do tipo. Gostei! Indiquei-a no blog, nas redes sociais … conheci-a pessoalmente tempos depois. Mantivemos uma relação de amigos, consultor, pupila … e durante muito tempo passei a conhecer mais o seu trabalho, seus projetos, suas ideias e ambições. Tempos depois, recebo mais uma canção inédita, “Escolhi Te Esperar”, e mais uma vez fui arrebatado pela proposta, que música! Mais umas semanas depois e eis que me chega às mãos o clipe desta mesma canção. Fantástico!

O som de Marcela Taís foge do lugar comum! Sua poesia, suas ideias, sua forma de lidar com as coisas de Deus de um jeito todo próprio, trazem uma lufada de ar fresco para nosso segmento. Mas aí você pode me perguntar com aquele ar de ceticismo tão comum quando nos deparamos com algo novo:

“ – Mas esse tipo de música vende? Tem mercado para essa nova proposta artística em nosso meio?” – o que imediatamente me vem à mente quando sou confrontado por esse tipo de questionamento é justamente a lembrança de quando comecei a divulgar o trabalho do Thalles pelas rádios do país. “ – Muito bom! Mas isso vende? Hummmm … não sei não!”, o resultado desses questionamentos vemos todos os dias com shows sold out em todo o país.

Na mesma contramão da obviedade, temos a Tanlan – incrível porque até agora não perguntei aos meninos o significado desse nome, mas vou descobrir em breve e contarei a todos vocês, meus seletos 44 leitores – uma banda do sul do país que toca um pop rock de enorme qualidade. O som é muito bom, de verdade, mas o que me chama ainda mais atenção é justamente a qualidade das letras dessa turma que tem o Fábio Sampaio como vocalista e principal letrista.

Muita gente torceu o nariz e fez cara de espanto quando anunciei a contratação da banda. Apenas alguns mais iniciados de nosso meio conheciam o trabalho dessa turma dos Pampas. Aqui mesmo no blog escrevi há algum tempo atrás sobre a dificuldade de encontrarmos novos artistas e bandas no cenário pop rock gospel. Recordo-me que falei sobre a necessidade de termos mais artistas do gênero para dividir o palco com Oficina G3 e Resgate. E depois de tanta procura, análise e mesmo expectativa, pude ouvir o CD inédito da Tanlan numa tarde descompromissada no meu escritório no Rio de Janeiro onde recebi justamente o Fábio Sampaio para uma visita de cortesia. Ouvimos o CD juntos antes da masterização, analisamos alguns detalhes, conversamos muito sobre o projeto em si e ao fim, fiquei com uma cópia do CD. Levei este CD para meu carro e ouvi-o por umas 10 a 15 vezes nos dias seguintes.

A Tanlan é uma banda que no cenário gaúcho já passeia na seara gospel-secular participando de festivais, shows, eventos sem necessariamente levar o carimbo de banda gospel. Os meninos tocam música! E música de qualidade! Música com conceitos cristãos com letras inteligentes e muita poesia. O desafio agora é romper com as fronteiras do Rio Grande e apresentar esta proposta ao Brasil continental. Numa primeira oportunidade meses atrás, a Tanlan participou do Congresso Oxigênio em Recife e foi aclamada pelo público. Creio que nas próximas semanas, com o lançamento do seu primeiro projeto pela Sony Music, a banda inicie uma extensa agenda de eventos pelo país.

Este texto escrevo no vôo entre Recife e Rio de Janeiro. Deveria ser entre Recife e Porto Alegre para que no fim do dia eu pudesse assistir ao show de lançamento do novo trabalho da Tanlan, mas infelizmente a Azul Linhas Aéreas simplesmente cancelou minha reserva e não consegui nenhum vôo que pudesse chegar a tempo de assistir o show. Sem dúvida, sinto-me frustrado por não honrar um compromisso assumido, mas principalmente por perder a oportunidade de assistir à performance da Tanlan ao vivo.

Neste texto falamos de muitos assuntos em sequência … sobre o que é música gospel, sobre os diferentes estilos de um mesmo conceito artístico, sobre modismos e tendências, sobre o mais recente movimento que percebemos tomar forma na música cristã tupiniquim e, por fim, das propostas inovadoras e de qualidade das obras de Marcela Taís e Tanlan. Música gospel é isso tudo! É algo muito intenso e rico. O importante é que sempre estejamos com ouvidos atentos e abertos para novos sons, novos nomes e novas propostas. A vida é um moinho … vamos pensar diferente, sempre! Antes de despedir-me, sugiro que vocês busquem no YouTube e na web, informações sobre os trabalhos de Marcela Taís e Tanlan. Até a próxima! Bye!

Mauricio Soares, alguém que detesta sanduíches servidos pelas companhias aéreas. Um indivíduo que está sempre disposto a conhecer novos lugares, novos sons, novas pessoas. Publicitário, jornalista, blogueiro.

 

 

 

10 578
No dia 21 de abril foi realizada a 41ª edição do maior prêmio de música gospel dos Estados Unidos, o Dove Awards. O evento aconteceu no Grand Ole Opry House, Nashville, Tennessee e premiou os maiores destaques da música gospel norteamericana em diferentes categorias.
E o grande vencedor deste ano foi a Banda Casting Crowns que conquistou o principal prêmio em disputa, na categoria “Artista do Ano”.  A banda faz parte do cast da gravadora Provident, que integra o selo gospel da multinacional Sony Music. Além de Casting Crows, outros artistas Provident também foram premiados no Dove Awards 2010 em diversas categorias.
Na categoria “Cantor do Ano” o vencedor foi Brandon Heath. Em outra importante categoria, “Canção do Ano”, o vencedor foi a banda Tenth Avenue North com a música “By Your Side”. Ainda do cast Sony Music/Provident foram premiados a banda Red como “Melhor Álbum de Rock” com o CD “Inocence & Instinct” e, ainda Jars of Clay como “Melhor Álbum Pop Contemporâneo” com o projeto “The Long Fall Back to Earth”.
Todos estes projetos serão lançados em breve pela Sony Music no Brasil que passa a distribuir com exclusividade no país todo o catálogo da gravadora gospel norteamericana Provident.
Fonte: Sony Music Gospel

No dia 21 de abril foi realizada a 41ª edição do maior prêmio de música gospel dos Estados Unidos, o Dove Awards. O evento aconteceu no Grand Ole Opry House, Nashville, Tennessee e premiou os maiores destaques da música gospel norteamericana em diferentes categorias.

E o grande vencedor deste ano foi a Banda Casting Crowns que conquistou o principal prêmio em disputa, na categoria “Artista do Ano”.  A banda faz parte do cast da gravadora Provident, que integra o selo gospel da multinacional Sony Music. Além de Casting Crows, outros artistas Provident também foram premiados no Dove Awards 2010 em diversas categorias.

Na categoria “Cantor do Ano” o vencedor foi Brandon Heath. Em outra importante categoria, “Canção do Ano”, o vencedor foi a banda Tenth Avenue North com a música “By Your Side”. Ainda do cast Sony Music/Provident foram premiados a banda Red como “Melhor Álbum de Rock” com o CD “Inocence & Instinct” e, ainda Jars of Clay como “Melhor Álbum Pop Contemporâneo” com o projeto “The Long Fall Back to Earth”.

Todos estes projetos serão lançados em breve pela Sony Music no Brasil que passa a distribuir com exclusividade no país todo o catálogo da gravadora gospel norteamericana Provident.

Fonte: Sony Music Gospel

Nos últimos dias muito tem sido comentado no meio gospel tupiniquim sobre o cancelamento “por força maior” (o que é isso? força maior!?!?!?!?) da maior premiação da música gospel nacional, o Troféu Talento realizado desde 1985 pela Rede Aleluia. Mesmo marcado por discordâncias, torcidas contra e a favor de determinados artistas e de ter uma certa aura de dúvida sobre os critérios utilizados, a premiação constava do calendário do meio gospel e tornou-se (sua ausência) a grande decepção deste ano de 2010.
No site oficial do evento a escassez por notícias é tão grande como a falta de chuvas no Deserto do Atacama no Chile. Então para não deixarmos o ano de 2009 passar em branco em termos de premiação e reconhecimento aos artistas, designers, compositores, produtores e arranjadores que se esforçaram por apresentar projetos de qualidade, nós do Blog Observatório Cristão resolvemos criar uma simbólica premiação.
Em antítese ao Troféu Talento que de tão lento ficou parado, pensamos em chamar nossa premiação de Troféu Tá Rápido, mas o nome não soava bem, então optamos pelo nome bem americanizado de Fast Awards … hummm … mas péraí … se é o Blog Observatório Cristão que irá ter esta hercúlea atribuição de coordenar a premiação e como nosso blog se apresenta como um canal didático abordando constantemente o marketing como uma importante ferramenta, como é que podemos não aproveitar esta oportunidade para consolidar ainda mais nossa marca no cenário? Assim sendo, o nome de nossa premiação será Observatório Awards 2010, gostaram? Hummm … ok, podemos pensar em algo melhor, mas por enquanto vamos com esse nome mesmo, ok?
Como este insight foi gerado hoje. Ainda não tivemos tempo para esmiuçar mais detalhes da premiação, mas o que já temos como base é o seguinte:
1) Estaremos premiando os artistas que mais se destacaram em 2009 no meio gospel entre janeiro e dezembro;
2) A primeira fase será livre e completamente democrática (onde isso vai parar?), ou seja, vamos aceitar indicações dos internautas em todas as categorias. Os artistas (5 a 10) mais indicados por categoria irão concorrer na fase final;
3) A fase final será decidida por “notáveis do meio gospel” … quem seriam estes? Anotem aí: o triunvirato do Blog Observatório Cristão e mais jornalistas especializados, produtores musicais, designers, artistas referência e mais um ou outro que não pensamos direito. Essa verdadeira Academia reunirá não mais do que 50 pessoas e terão o poder de decidir os vencedores de cada categoria;
4) Vamos incluir uma categoria Escolha do Público que irá reunir os 10 artistas mais citados em todas as categorias;
5) Teremos 3 tipos de categorias: Música, Web e Designer, Estilo Musical;
5.1) Música composta por: Música do Ano, Intérprete Masculino, Intérprete Feminino, Banda do Ano, Artista Revelação, Vídeo Clipe, Escolha do Público;
5.2) Web & Designer composta por: Material Gráfico CD/DVD, MySpace, Site Oficial, Personalidade Web,
5.3) Estilo Musical composta por: CD Pop, CD Adoração e Louvor, CD Rock, CD World Music e Miscelânea, CD Pentecostal/Sertanejo;
6) Nos próximos dias vamos explicar como iremos receber as indicações do público e demais informações;
7) Aceitamos sugestões, ajuda, oferecimentos … mas nada de marmelada, votos de cabresto e afins, ok?
Contamos com a sua ajuda! Tão logo esta megaultrapower premiação começar seu processo de seleção, envie seus candidatos e divulgue para todos seus contatos. Em breve todas as informações, aguardem!
Postado por Equipe Observatório Cristão

Observatório Awards 2010

Nos últimos dias muito tem sido comentado no meio gospel tupiniquim sobre o cancelamento “por força maior” (o que é isso? força maior!?!?!?!?) da maior premiação da música gospel nacional, o Troféu Talento realizado desde 1985 pela Rede Aleluia. Mesmo marcado por discordâncias, torcidas contra e a favor de determinados artistas e de ter uma certa aura de dúvida sobre os critérios utilizados, a premiação constava do calendário do meio gospel e tornou-se (sua ausência) a grande decepção deste ano de 2010.

No site oficial do evento a escassez por notícias é tão grande como a falta de chuvas no Deserto do Atacama no Chile. Então para não deixarmos o ano de 2009 passar em branco em termos de premiação e reconhecimento aos artistas, designers, compositores, produtores e arranjadores que se esforçaram por apresentar projetos de qualidade, nós do Blog Observatório Cristão resolvemos criar uma simbólica premiação.

Em antítese ao Troféu Talento que de tão lento ficou parado, pensamos em chamar nossa premiação de Troféu Tá Rápido, mas o nome não soava bem, então optamos pelo nome bem americanizado de Fast Awards … hummm … mas péraí … se é o Blog Observatório Cristão que irá ter esta hercúlea atribuição de coordenar a premiação e como nosso blog se apresenta como um canal didático abordando constantemente o marketing como uma importante ferramenta, como é que podemos não aproveitar esta oportunidade para consolidar ainda mais nossa marca no cenário? Assim sendo, o nome de nossa premiação será Observatório Awards 2010, gostaram? Hummm … ok, podemos pensar em algo melhor, mas por enquanto vamos com esse nome mesmo, ok?

Como este insight foi gerado hoje. Ainda não tivemos tempo para esmiuçar mais detalhes da premiação, mas o que já temos como base é o seguinte:

1) Estaremos premiando os artistas que mais se destacaram em 2009 no meio gospel entre janeiro e dezembro;

2) A primeira fase será livre e completamente democrática (onde isso vai parar?), ou seja, vamos aceitar indicações dos internautas em todas as categorias. Os artistas (5 a 10) mais indicados por categoria irão concorrer na fase final;

3) A fase final será decidida por “notáveis do meio gospel” … quem seriam estes? Anotem aí: o triunvirato do Blog Observatório Cristão e mais jornalistas especializados, produtores musicais, designers, artistas referência e mais um ou outro que não pensamos direito. Essa verdadeira Academia reunirá não mais do que 50 pessoas e terão o poder de decidir os vencedores de cada categoria;

4) Vamos incluir uma categoria Escolha do Público que irá reunir os 10 artistas mais citados em todas as categorias;

5) Teremos 3 tipos de categorias: Música, Web e Designer, Estilo Musical;

5.1) Música composta por: Música do Ano, Intérprete Masculino, Intérprete Feminino, Banda do Ano, Artista Revelação, Vídeo Clipe, Escolha do Público;

5.2) Web & Design composta por: Material Gráfico CD/DVD, MySpace, Site Oficial, Personalidade Web,

5.3) Estilo Musical composta por: CD Pop, CD Adoração e Louvor, CD Rock, CD World Music e Miscelânea, CD Pentecostal/Sertanejo;

6) Nos próximos dias vamos explicar como iremos receber as indicações do público e demais informações;

7) Aceitamos sugestões, ajuda, oferecimentos … mas nada de marmelada, votos de cabresto e afins, ok?

Contamos com a sua ajuda! Tão logo esta megaultrapower premiação começar seu processo de seleção, envie seus candidatos e divulgue para todos seus contatos. Em breve todas as informações, aguardem!

Postado por Equipe Observatório Cristão

8 447

No dia 20 de abril será realizada a primeira coletiva de imprensa da gravadora Sony Music a respeito de sua entrada no mercado gospel e também sobre o megaprojeto Renascer Praise 16 com gravação ao vivo nos belíssimos jardins do Museu do Ipiranga em São Paulo.
A coletiva acontecerá nos estúdios da Rede Gospel no Cambuci, São Paulo, a partir das 11h e contará com as participações da Bispa Sônia Hernandes, do diretor do projeto em DVD, Hugo Pessoa e, ainda, Mauricio Soares, diretor executivo da Sony Music.
No evento serão apresentados detalhes do projeto Renascer Praise 16 que contará com a captação de imagens com 18 câmeras HD Full e câmeras RED e, ainda, em parceria com a Sony Electronics, com 6 câmeras no meio da platéia do show que serão gravadas do ponto de vista do público. Mais uma inovação para o nosso mercado!
Lembrando que a gravação ao vivo do Renascer Praise 16 será no dia 21 de abril às 17h nos jardins do Museu do Ipiranga em São Paulo com entrada franca.

No dia 20 de abril será realizada a primeira coletiva de imprensa da gravadora Sony Music a respeito de sua entrada no mercado gospel e também sobre o megaprojeto Renascer Praise 16 com gravação ao vivo nos belíssimos jardins do Museu do Ipiranga em São Paulo.

A coletiva acontecerá nos estúdios da Rede Gospel no Cambuci, São Paulo, a partir das 11h e contará com as participações da Bispa Sônia Hernandes, do diretor do projeto em DVD, Hugo Pessoa e, ainda, Mauricio Soares, diretor executivo da Sony Music.

No evento serão apresentados detalhes do projeto Renascer Praise 16 que contará com a captação de imagens com 18 câmeras HD Full e câmeras RED e, ainda, em parceria com a Sony Electronics, com 6 câmeras no meio da platéia do show que serão gravadas do ponto de vista do público. Mais uma inovação para o nosso mercado!

Lembrando que a gravação ao vivo do Renascer Praise 16 será no dia 21 de abril às 17h nos jardins do Museu do Ipiranga em São Paulo com entrada franca.

1 582

Observando evento interessante em São Paulo
Depois de Osasco, Grande ABC e Baixada Santista, agora é a vez do Alto Tietê realizar o “CELEBRANDO A UNIDADE”. Serão 12 horas de adoração ao Rei dos Reis em unidade entre as igrejas, pastores, ministérios, cantores e bandas evangélicas das cidades de Mogi das Cruzes, Suzano, Poá, Itaquaquecetuba, Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Guararema e Salesópolis
Serviço:
Horário: 17 abril 2010 de 10h às 22h
Local: Ginasio Municipal de Mogi das Cruzes
Organizado por: Almir Lima
Abaixo, alguns vídeos e fotos do evento na Baixada Santista, no site do Galileo:
CELEBRANDO A UNIDADE
http://www.ogalileo.com.br/musica/verConteudo.php?id=C8ACpQR2QiOtJwedONfftO5uPnG4PK
VÍDEO CELEBRANDO A UNIDADE NA BAIC=XADA SANTISTA
http://ogalileo.com.br/eventos/verVideo.php?id=BjmkbZu3TtY6cv94PhCpt4WPM09bWx
VÍDEO CELEBRANDO A UNIDADE NO ABC
http://www.ogalileo.com.br/eventos/verVideo.php?id=celePfk4D85Slxk69R5dkvG2nApzR63d74c
VÍDEO CELEBRANDO A UNIDADE EM OSASCO
http://www.ogalileo.com.br/musica/verVideo.php?id=pF22iBw1oCWnww1dio4H3eiBKVUwnT
www.celebrandoaunidade.com.br

Depois de Osasco, Grande ABC e Baixada Santista, agora é a vez do Alto Tietê realizar o “CELEBRANDO A UNIDADE”. Serão 12 horas de adoração ao Rei dos Reis em unidade entre as igrejas, pastores, ministérios, cantores e bandas evangélicas das cidades de Mogi das Cruzes, Suzano, Poá, Itaquaquecetuba, Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Guararema e Salesópolis

Serviço:

Horário: 17 abril 2010 de 10h às 22h

Local: Ginasio Municipal de Mogi das Cruzes

Organizado por: Almir Lima

Abaixo, alguns vídeos e fotos do evento na Baixada Santista, no site do Galileo:

CELEBRANDO A UNIDADE

http://www.ogalileo.com.br/musica/verConteudo.php?id=C8ACpQR2QiOtJwedONfftO5uPnG4PK

VÍDEO CELEBRANDO A UNIDADE NA BAIC=XADA SANTISTA

http://ogalileo.com.br/eventos/verVideo.php?id=BjmkbZu3TtY6cv94PhCpt4WPM09bWx

VÍDEO CELEBRANDO A UNIDADE NO ABC

http://www.ogalileo.com.br/eventos/verVideo.php?id=celePfk4D85Slxk69R5dkvG2nApzR63d74c

VÍDEO CELEBRANDO A UNIDADE EM OSASCO

http://www.ogalileo.com.br/musica/verVideo.php?id=pF22iBw1oCWnww1dio4H3eiBKVUwnT

www.celebrandoaunidade.com.br

9 488

Como resido em Niterói e acompanhei muito de perto a situação caótica da cidade nestes dias de muita chuva, tive especial atenção às manifestações de solidariedade do povo de todo o Brasil em meio a esta tragédia.

Neste domingo, ainda lutando para recuperar a normalidade da vida, fiz uma rápida saída pelos bairros vizinhos de onde moro para constatar um pouco da destruição causada pelas chuvas. Mesmo com uma significativa estiagem das chuvas, a cidade ainda está demorando para recuperar-se do dilúvio. Muitas árvores pelas ruas, encostas com muita areia, lama e pedras invadindo ruas, estradas e casas. A sensação que me deu hoje pela manhã é de que a cidade ainda está recolhida, assustada, tentando se recuperar de um trauma muito grande.