SHOPPING CART

Observando os 10 fatos mais marcantes de 2010

tt

Todo fim de ano é sempre a mesma coisa! Tomamos decisões bem radicais quanto à vida no próximo ano. Uns decidem mudar de rotina. Outros determinam que voltarão a fazer exercícios físicos. Outros decidem pela enésima vez que entrarão numa dieta radical. E é também neste período que costumam surgir na mídia as listas dos ‘mais mais’. Algo como os 10 artistas que mais se destacaram. Os 5 craques do Brasileirão. As 10 musas do showbusiness. As 100 maiores personalidades do país.

Antecipando-me a esta safra de listas, resolvi destacar os 15 eventos e acontecimentos mais importantes para o mercado cristão no Brasil no ano de 2010. Como toda e qualquer lista é possível que este que vos escreve tenha deixado algum fato marcante da lista dos mais interessantes do período. Como ninguém é perfeito e também não sou nenhum ditador latino-americano, aceitarei críticas e sugestões dos meus 17 leitores.

Esta lista contou com a ajuda dos meus diletos amigos de empresa – Carlos André, Vlad, Cláudia e Monique – durante um almoço onde o ‘escondidinho de carne-seca’ foi a grande vedete do cardápio. Vamos aos 10 fatos mais marcantes no meu entendimento no ano de 2010.

01 – Entrada de novos players no mercado fonográfico gospel

Sem dúvida, o ano de 2010 começou agitado com a chegada da Sony Music ao mercado de música gospel tupiniquim e termina com as informações a respeito de que no próximo ano outras empresas seculares se juntarão a este segmento. Sem qualquer “puxada de sardinha” é público e notório que a entrada da multinacional Sony Music trouxe ares de maior profissionalismo a um mercado que há algum tempo parecia estagnado. Com a chegada da empresa ao mercado gospel vimos gravadoras contratando artistas que há muito batiam às portas procurando por uma oportunidade. Teve época em que parecia haver uma verdadeira disputa por quem mais anunciava contratações. Esta mudança, sem dúvida, deveu-se à entrada de novos players no mercado gospel, nosso primeiro fato marcante de 2010.

02 – 100 Anos da Igreja Assembléia de Deus no Brasil

Estas festividades ainda estão começando, mas merecem figurar entre os fatos mais marcantes de 2010 porque, afinal de contas, não se faz 100 anos do pentecostalismo toda hora. A Igreja Assembléia de Deus é a denominação evangélica mais importante e representativa no país e merece destaque entre os fatos mais importantes do ano.

03 – Fim do Troféu Talento

De forma melancólica e pouco explicada, desapareceu do cenário o mais importante prêmio da música gospel nacional, o tradicional Troféu Talento organizado pela Rede Aleluia. A premiação era, sem sombra de dúvidas, o mais importante e glamouroso prêmio da música cristã no país. Se suscitava polêmicas quanto aos prêmios entregues, também movimentava por alguns meses o cenário gospel e era uma noite importante para artistas e profissionais do mercado. Uma pena que esta premiação tenha sido descontinuada pela Rede Aleluia.

04 – Sucesso da Expo Cristã

Nos últimos 2 anos, arautos do apocalipse haviam decretado a derrocada da maior feira de produtos cristãos da América Latina, a Expo Cristã. E não é que em 2010, a feira foi um verdadeiro sucesso de público, lojistas, vendas, presença na mídia e de organização? Uma das provas do sucesso da Expo Cristã foi a presença de representantes internacionais de vários continentes, a visitação de políticos de destaque como os presidenciáveis José Serra e Marina Silva, entre outros. A feira também registrou a estréia de muitas empresas em stands muito bem apresentados. A Expo Cristã foi positiva e seu sucesso repercute a pujança do mercado gospel nacional.

05 – Mercado digital gospel

Ainda em cima da entrada da Sony Music no mercado gospel, definitivamente um novo horizonte se abriu para os artistas evangélicos. Neste ano, ações de marketing digital atingindo milhões de pessoas foram realizadas com enorme repercussão. Além disso, campanhas SMS e de comércio digital por sites e telefonia móvel contaram com artistas e produtos gospel abrindo um novo mercado promissor. Em 2010, dois projetos de e-card tornaram-se referência de cases de sucesso lançando o Gospel Music Ticket com Michael W. Smith e Marcelo Aguiar.

06 – Pr. Silas Malafaia

Sem dúvida, o pastor Silas Malafaia é um fenômeno de mídia. Seu programa é assistido por milhões de pessoas e em 2010 sua imagem se tornou mais conhecida no país rompendo com as cercanias do meio gospel. Com presença em diversos programas da TV, Malafaia soube defender seus pontos de vista mantendo sempre sua verve peculiar. Outra notícia que chamou muita a atenção ligada ao pastor Malafaia, foi sua decisão de desligar-se da Igreja Assembléia de Deus onde inclusive mantinha o posto de vice-presidente da Convenção Geral. Pra fechar o ano com toda a visibilidade, Malafaia mudou em pouquíssimo tempo de opinião ao deixar de apoiar a candidata Marina Silva passando a apoiar José Serra na corrida presidencial. Esta atitude gerou muita polêmica e no segundo turno, Malafaia ainda teve tempo para entrar numa dividida com o supremo-líder da IURD, Bispo Macedo. Sem dúvida, pastor Silas Malafaia viveu intensamente o seu 2010.

07 – Evangélicos x Política

Nunca antes na história desse país o segmento evangélico teve tanto destaque no processo decisório da política brasileira. O ano de 2010 trouxe para o debate eleitoral temas que têm relação direta aos conceitos defendidos pelos evangélicos como homossexualismo e aborto. Nas redes sociais, os evangélicos participaram ativamente do processo eleitoral e aparentemente cerraram fileiras ao lado de Marina Silva. No segundo turno, o debate esvaziou-se com a “Marina em cima do muro Silva” optando por manter-se por fora da polêmica. Foi muito interessante ver nas mídias, principalmente na TV, o número de ‘líderes’ evangélicos apresentando seus apoios a um ou outro candidato como se eles efetivamente tivessem poder de cabresto sobre seus fiéis. De qualquer forma, o segmento evangélico teve seu poder no jogo político reconhecido nacionalmente.

08 – Brasil na rota internacional

Assim como no show business secular, o Brasil entrou definitivamente na rota dos grandes shows internacionais. No cenário gospel não foi diferente e diversos artistas internacionais incluíram a Terra Brasilis em suas turnês. Como prova da força e respeito dos gringos com o mercado brasileiro, pela primeira vez um lançamento de artista TOP internacional foi feito no Brasil antes mesmo de chegar ao mercado norte americano. No mês de setembro, a Sony Music/Provident lançou o projeto Wonder com Michael W. Smith por ocasião da Expo Cristã, cerca de 45 dias antes do projeto ser apresentado ao consumidor dos EUA.

09 – Grammy Latino

Surpreendendo a grande maioria dos ‘entendidos’ e até os não tão ‘entendidos’ assim, o Grammy Latino na categoria Música Cristã em Língua Portuguesa 2010 foi entregue à cantora Marina de Oliveira gerando uma série de debates acalorados que não duraram mais do que 2 ou 3 dias nas redes sociais. A cantora, com vasta história na música gospel nacional até merecia uma menção honrosa por toda sua trajetória, mas se levarmos em consideração apenas o produto em si, outros projetos como o CD Multiforme de Paulo César Baruk merecia o gramophone dourado.

10 – DVDs Renascer Praise e Oficina G3

Dois projetos em vídeo chamaram a atenção do mercado em 2010. O DVD do Oficina G3 merece aplausos demorados (não tanto como o tempo que demorou para ser lançado!) pela excelente qualidade das imagens e pela performance da rapaziada. Hugo Pessoa arrebentou na edição e na concepção do projeto. E por falar em Hugo Pessoa, foi dele também a direção do belíssimo DVD Renascer Praise 16 gravado nos jardins do Museu do Ipiranga em São Paulo. O projeto com lançamento na versão Blu-ray oficializa a retomada do projeto do ministério de louvor como uma das mais importantes referências do segmento no país.

Como a gente procura sempre inovar, nossa lista não terá 10, mas 11 fatos marcantes. Na verdade, poderia ainda listar mais uns 3 ou 4 assuntos, mas como não quero polemizar além do que minha paciência tem capacidade de aturar neste fim de ano, finalizarei (para alívio de alguns “amigos consultores” que morrem de medo das opiniões postadas) com estes 11 fatos. Vale lembrar que você poderá sugerir outros fatos marcantes escrevendo sua opinião nos comentários do Post.

11 – Música gospel nos programas de TV

É bem perceptível que a mídia, principalmente TV, vem abrindo mais espaço para a música gospel. Neste ano comemoramos o fato de Aline Barros e Fernanda Brum terem participado do programa do Faustão na Rede Globo. Meses depois foi a vez de Ana Paula Valadão ter representado (e muitíssimo bem por sinal!) o segmento gospel no mesmo programa. Artistas evangélicos participaram ainda repetidamente no Raul Gil, agora no SBT com muito destaque e recebendo inúmeras homenagens. Outro que se destacou na TV, principalmente no primeiro semestre, foi o cantor Régis Danese que marcou presença em vários programas na Rede Record, Band e SBT.

_____________________________________________

Mauricio Soares, publicitário, observador das novidades do meio gospel brazuca, torcedor do virtual campeão brasileiro, o querido Fluminense e alguém que vive intensamente a expectativa do apagar das luzes de 2010, um ano sem dúvida, muito intenso!

8 Comments

Deixe uma resposta