Home Mundo Musical Retrospectiva 2015 e conjecturas para 2016…

Retrospectiva 2015 e conjecturas para 2016…

Já faz um bom tempo que não paro minhas atividades e lazer para dedicar alguns minutos para escrever para o blog. É bem verdade que boa parte dos 66 leitores não sentiu a mínima falta de novas postagens, mas ainda assim sigo na meta de conseguir conquistar o maior número de leitores para o Observatório Cristão.

Início de ano, período de arrumar gavetas, jogar coisas fora, organizar outras, estabelecer metas, objetivos, prometer a si mesmo que neste ano a dieta sai, o sedentarismo vai embora e tudo se fará novo … E especialmente neste 2016, começo cheio de expectativas pessoais porque pior do que o ano que se foi acho difícil que se supere. Que ano terrível!

Entre as boas coisas de 2015, do ponto de vista artístico posso destacar o belo trabalho “Moderno à Moda Antiga” da cantora Marcela Taís co-produzido pelo mestre Michael Sullivan. O disco é agradável, bem equilibrado, letras inteligentes, arranjos modernos, temas interessantes … parece que a ‘moderna’ Marcela em parceria com o ‘experiente’ Sullivan conseguiram uma simbiose maravilhosa. Nota 10 para este trabalho. A cantora em 2015 deu um importante passo para alcançar uma relevância e destaque em meio ao competitivo mercado gospel tupiniquim. Outro projeto prá lá de especial e de bom gosto é o EP “Paisagens Conhecidas” dos irmãos Os Arrais. A dupla vem ganhando reconhecimento nacional a cada dia e agora, com a mudança do Tiago Arrais para o Brasil, o trabalho de divulgação dos projetos se torna um pouco mais facilitado. Já o André, irmão caçula, permanece residindo nos EUA. O disco conta com canções de letras inteligentes, sonoridade gringa, arranjos elaborados e apuro estético lá nas alturas. Pra completar, o projeto foi lançado num kit que contém um DVD gravado em meio a nevascas e paisagens gélidas norte americanas sob a batuta da direção de Hugo Pessoa.

Do ponto de vista artístico, 2015 foi o ano de Leonardo Gonçalves. Com uma energia impressionante, Leo percorreu o país e exterior com uma agenda simplesmente alucinante! O DVD “Principio”, sem dúvida, alavancou sua carreira e o colocou no patamar dos grandes artistas do cenário cristão nacional. Pra completar, Gonçalves participou de programas de TV, grandes festivais e interpretou a canção do filme que foi sucesso nas salas de cinema, “Você Acredita?” na versão do NewsBoys,e teve milhões de views nas plataformas de vídeo. Este single ainda ficou no topo de vendas do iTunes e Google Play por dias, tornou-se hit nas rádios do segmento em todo o país. Sem dúvida, 2016 promete para o talentoso Leonardo Gonçalves.

Outro destaque interessante em 2015 foi o lançamento do projeto Sony Music Live, uma nova forma de promoção e rentabilização baseado em vídeos exclusivos de diversos artistas. O projeto funciona como uma web série que é veiculada a partir das terça-feiras como um programa semanal. Pelo SML, que já ultrapassou 9 milhões de views, participaram artistas como Gabriela Rocha, Preto no Branco, Salomão, Paulo César Baruk, Cristina Mel, Marcela Taís, Juninho Black e Trazendo a Arca. O projeto superou todas as expectativas e nas próximas semanas será lançada a segunda temporada do Sony Music Live já com as participações confirmadas de Leonardo Gonçalves, Damares, Priscilla Alcântara, Os Arrais, Soraya Moraes, Mariana Valadão, entre outros.

No finzinho do ano, outro disco que foi lançado merece destaque: “Até Sermos Um” com a cantora Priscila Alcântara. A menina veio como uma tsunami varrendo o país de norte a sul com um disco ultra bem produzido e agradável, extremamente moderno e intenso. Em pouco mais de 2 meses, Priscilla esteve em diversas capitais do país lançando o projeto e arrebatando multidões de jovens por onde passou. Em algumas cidades, suas tardes de autógrafos reuniram mais de 1500 pessoas que se ficavam horas na fila para uma foto, um abraço, um autógrafo. A cantora teve seu projeto no topo do iTunes, seus vídeos passam a casa dos milhões de views e sua agenda segue intensa. Acho que 2015 foi só o ‘esquenta’ porque o estouro mesmo será neste ano. Fiquem atentos!

Um outro projeto que assisti e curti foi o DVD da cantora Aline Barros, lançado no apagar das luzes de 2015. Uma mega produção que impressiona até os mais acostumados com o show business. Ela continua sendo uma referência no meio gospel quando se trata de carisma, qualidade e hits. Por falar em DVD, na área pentecostal, ninguém superou Damares com seu mega projeto gravado no fim de 2014 e lançado no ano seguinte. A cantora segue como o principal nome no segmento e parece não perder espaço e foco! Ainda no quesito DVD, o projeto “Preto no Branco” foi a grande estréia do selo Balaio Music. Com o encaixe perfeito de artistas do naipe de Clóvis Pinho, Wesley Santos, Juninho Black e a participação de Eli Soares, o projeto reúne black soul music, samba, adoração MPB, pop, reggae, hip hop … tudo com muita qualidade, unção e criatividade. Quem ainda não teve oportunidade de conferir, deve fazer o mais rápido possível!

O ano de 2015 registrou a mudança do mercado fonográfico no Brasil. Pela primeira vez as vendas digitais superaram as vendas de CDs e DVDs. A proporção atual é de 60% a 40%, ou seja, mais da metade do faturamento das majors da indústria musical no país são provenientes das plataformas digitais como YouTube, Spotify, Vevo, Deezer, Apple Music e as operadoras de telefonia. Para as empresas que insistem em não adequar-se à nova realidade, os tempos vindouros não serão nada auspiciosos. Conversando dias atrás com um artista ligado a uma destas gravadoras que insistem em negar a transformação do mercado, me assustei ao saber que este amigo não recebia um único tostão de vendas digitais e de que sua ‘amada’ gravadora seguia com o discurso de que digital era apenas promoção, não configurava uma nova e importante fonte de rentabilidade. #Medo …

Para 2016 alguns nomes merecem especial atenção (e torcida também!). Começo a lista pela talentosa (de quem sou fã!) Gabriela Rocha que começa o ano gravando seu primeiro DVD. Este ano promete pra ela! Outros nomes para se ficar atento são Sarah, uma cantora baiana residindo no interior de SP que está lançando um projeto com produção de Fábio Aposan, também Roberta Spitaletti que lançará um álbum inédito em breve, Deise Jacinto que recentemente lançou um novo projeto muito agradável e que merece ser pesquisado, Clóvis Pinho ex-Renascer Praise que lançará seu primeiro disco pelo selo Balaio Music/Sony Music misturando pop, MPB, soul e muita poesia. Outro que deve se destacar em 2016 é Eliezer de Társis, multi instrumentista, super carismático, talentoso e que vem conquistando visibilidade cada vez maior no cenário nacional.

Vou ficando por aqui. Confesso que estou ainda enferrujado. Espero urgentemente poder recuperar o pique para escrever mais posts daqui em diante.

Que venha 2016!

Mauricio Soares, publicitário, jornalista.

  • Lucas

    Fala dos projetos da Cristina mel para o ano de 2016, rs. Também quero saber se há alguma possibilidade da Liz Lanne integrar o cast da Sony. Abçs!