SHOPPING CART

Uma breve lista das pessoas que mais contribuíram para o sucesso da música gospel nos últimos anos

Os dias que antecedem a Expo Cristã são de intensa correria e muito trabalho. Digo isto como forma de justificar minha ausência com textos inéditos no Observatório Cristão nestes últimos dias. Apesar de que neste período de silêncio blogueiro, nenhum dos 42 leitores assíduos me cobrou por alguma novidade. Talvez tenhamos perdido os 42 leitores para algum site de fofocas de celebridades ou coisas do gênero (…)

Voltando ao nosso cotidiano, na última edição da Revista VEJA (Edição 2232) há uma matéria especial sobre brasileiros que com suas idéias, estudos, projetos e ações criativas conseguiram de alguma forma mudar o mundo. São 50 histórias de sucesso de pessoas que mataram as idéias antigas e ajudaram a criar um novo mundo.

As pessoas citadas são de diferentes segmentos, desde ciência, meio ambiente, tecnologia, passando por esporte e cultura, indústria, finanças ou saúde, só para citar alguns. Entre as personalidades mencionadas na matéria, conhecemos pessoas como Miguel Nicolelis, neuro cientista paulistano que implantou um chip no cérebro de uma macaca na Carolina do Norte, EUA, que conseguiu movimentar um braço robótico no distante Japão. Também destaca o trabalho de Iron Calil Daher que desenvolveu um método de biometria capaz de rastrear impressões digitais. Este método atualmente é utilizado em 40 países. Há espaço ainda para destacar Andreas Pavel, o inventor do walkman, um aparelho portátil para se ouvir música desenvolvido em 1972. O walkman seria uma espécie de avô do Ipod para que os mais novos possam entender melhor do que se trata esse aparelho.

A matéria segue destacando outros 47 brasileiros que de forma criativa conseguiram marcar seus nomes em diferentes áreas e ajudaram a transformar o mundo. Esta matéria me deu um insight para tentar elencar algumas personalidades que mudaram ou mesmo contribuíram para que a música gospel brasileira chegasse aos atuais patamares.

Neste exercício de memória, surgiram alguns nomes de imediato. Outros nomes foram sendo recuperados com mais dificuldade, mas não com menos relevância. Minha memória é bastante boa ainda, mas ter a responsabilidade de fazer uma lista de notáveis é um exercício extenuante para qualquer pessoa que não queira causar injustiças.

Como não quero lançar uma lista definitiva, vou apenas elencar algumas pessoas que a minha lembrança permita destacar neste momento. Talvez, os 42 leitores oficiais (se é que eles ainda existem!?!?!?) ou outros abnegados até queiram contribuir indicando mais pessoas para essa lista. Talvez até esta lista reverbere em outras oportunidades neste blog (…) por ora vamos destacar algumas pessoas. Vamos a elas!

Quando o mercado de música gospel se restringia a pouquíssimas gravadoras, ainda no tempo das bolachas de vinil, os enormes LPs, duas empresas se destacavam e contribuíram decisivamente para a popularização de um mercado ainda iniciante à época.

No Rio de Janeiro, a gravadora Som & Louvores abriu espaço para praticamente todos os grandes artistas que hoje comemoram 20 anos de carreira ou mais. Por esta gravadora, dirigida com ‘mão de ferro’ por Orlando VN, foram lançados nomes como Cassiane, J.Neto, Mattos Nascimento, Shirley Carvalhaes, Altos Louvores, Rose Nascimento, Irmãos Levitas, Álvaro Tito, entre outros. Orlando VN foi um batalhador incansável para que a música gospel chegasse em todo o país e merece nosso respeito por abrir espaço para tantos artistas que tempos depois se tornaram referência no segmento.

Em São Paulo, quem se destacava era a gravadora Bompastor, dirigida por Elias de Carvalho, filho do cantor Luiz de Carvalho, uma das maiores referências de todos os tempos da música evangélica brasileira. No cast da gravadora iniciaram artistas como Banda & Voz, Cristina Mel, Banda Shaday, entre outros. A gravadora também foi a pioneira em trazer para o país produtos internacionais como Amy Grant, The Imperials, Sandy Patty, Jaci Velasquez.

Falando propriamente de artistas, como posso não destacar a importância de Cassiane para a música gospel? A pequena cantora foi a primeira artista de música gospel a romper a barreira de 1 milhão de cópias e a ter suas canções sendo executadas de norte a sul pelo país. Ou também não destacar Aline Barros como sendo a primeira artista a participar de programas de TV, em especial no Programa da Xuxa da Rede Globo? Estas duas artistas foram fundamentais para que a música gospel chamasse a atenção da mídia e da indústria.

Outra pessoa que merece entrar neste rol é o Bispo Marcelo Silva, presidente da Rede Aleluia, idealizador e maior incentivador do Troféu Talento, até hoje a mais importante premiação da música gospel nacional que infelizmente deixou de existir a alguns anos atrás.

Outro que merece destaque é o cantor, poeta, polêmico, compositor Janires que com suas canções mudou radicalmente a forma de expressão da música cristã de até então. Sua poesia até hoje reverbera e influencia gerações. Suas idéias continuam ecoando pelas mentes de quem tem contato com sua obra. Sua forma de falar de Cristo até hoje é difícil de ser comparada.

Acho que neste seleto grupo também tenho que incluir o Ministério Diante do Trono que modificou a forma do louvor e adoração no país com todos os seus projetos grandiosos e principalmente por inserir longos momentos de ministração e cânticos espontâneos em suas apresentações e gravações. Ainda na linha de ministério de louvor, não há como negar a importância doToque no Altar que também mudou a forma do louvor congregacional trazendo uma ótica mais pessoal, mais relacional entre o homem e Deus. O Toque no Altar conseguiu a façanha de ter todo o repertório de seus trabalhos sendo executados nas igrejas de todo o país.

Mais recentemente, Régis Danese, alcançou o grau máximo de exposição com a canção “Faz Um Milagre em Mim”. Num determinado momento, o cantor de cabelos arrepiados (toneladas de gel e choques na tomada de 220V garantem sempre o penteado!) parecia uma figura onipresente nos programas populares de TV. Nas ruas de todo o Brasil, a canção ecoou de uma forma completamente inédita no país até então.

Vou chegando ao fim de minha lista incluindo duas mídias importantíssimas para o crescimento da música gospel. O primeiro que quero destacar é a Rádio Melodia do Rio de Janeiro que foi a primeira emissora FM com programação exclusivamente evangélica a entrar no ar numa capital brasileira. Através das ondas amigas da emissora, muitos sucessos foram lançados e se tornaram hits no resto do Brasil. O que era sucesso na Rádio Melodia, seria sucesso em todo o território nacional. A outra mídia que merece figurar nesta lista é o extinto programa Gospel Line transmitido por mais de 12 anos ininterruptos na Rede Record, que contou com a apresentação do ex-Dominó, Nill, Mara Maravilha, Isis Regina e Julio Costa em diferentes épocas. Durante muitos anos, o programa foi o principal e único palco na TV brasileira onde os artistas evangélicos tinham oportunidade de apresentar seus trabalhos.

Chego ao fim desta pretensa lista tendo a certeza de que todos os citados foram verdadeiramente importantes e mesmo decisivos para o atual estágio da música gospel em nosso país. Mas também reconheço que esta lista carece de um estudo absurdamente mais apurado porque muitas pessoas de igual importância foram simplesmente esquecidas por este incompetente pseudo-formador-de-listas.

Aos que se sentirem esquecidos, por favor, peço que se manifestem das mais diversas formas (só não vale me processar porque é covardia!). Esta lista está longe de ser perfeita. Creio que pelo menos outras 50 pessoas ou mais deveriam estar integrando-a, mas como meu tempo está acabando, reservo-me o direito de findá-la temporariamente agora.

Aos leitores, sugiro que cada um faça uma lista também. Quem sabe, numa próxima oportunidade possamos fazer uma eleição das 50 pessoas mais importantes para a música gospel brasileira em todos os tempos?

_________________________________________________
Mauricio Soares, blogueiro, tricolor, publicitário, consultor e atualmente ouvindo avidamente o CD “Daniela Araújo” que será lançado na Expo Cristã pela Sony Music.

Deixe uma resposta